Práticas - Navio - 1º ano

Um caminho de descobertas – Navegando pelo Mar

O faz de conta possibilita despertar sentimentos, testar hipóteses, experimentar novas sensações e sentimentos e aventurar-se no mundo da imaginação. Neste mundo imaginário, a criança se sente segura para ser e fazer o que quiser.

Objetivando o desenvolvimento da linguagem oral, a leitura de imagens e a promoção ao desenvolvimento da percepção, atenção, memória e pensamento, os alunos das turmas de 1º anos da unidade SEB Vila Velha embarcaram neste mundo imaginário, navegando pelas águas do Brasil na companhia das personagens do livro de imagens Um carretel, uma linha, várias histórias, onde imaginar e descobrir é a chave para onde se quer chegar.   

Por meio de pesquisas, conversas e discussões, os alunos descobriram que, ao navegar pelo mar, poderiam encontrar seres vivos superinteressantes, como o cavalo-marinho, o tubarão, o polvo e as tartarugas. O interesse deles foi tanto, que curiosidades além das exploradas no caderno de atividades foram questionadas e apresentadas de forma lúdica: Como vivem? Como se reproduzem? Qual tamanho e peso?

A vida marinha é algo que atrai a atenção e o interesse das crianças pelo simples motivo de permitir a abertura de muitas “portas” de pesquisas e conhecimento.

Assim, para um maior aprofundamento do tema, as crianças assistiram a trechos de filmes que mostravam o fundo do mar e o interior de um navio naufragado. Foi uma experiência incrível!

Após todo o momento de pesquisas, foram confeccionados coletivamente seres marinhos, utilizando material reciclado diverso, formando um belo e misterioso fundo do mar.

Dando sequência a esta viagem, cada aluno recebeu uma folha em branco e peças coloridas para colagem, o que seria o navio de Edu e seus amigos.

Após a colagem do navio na folha, cada aluno completou a proposta, desenhando as personagens do livro e foram estimulados a pensar e imaginar em quem mais poderia embarcar nesta viagem.

A atividade foi finalizada com uma bela exposição dos trabalhos no pátio da escola em um cenário composto pelo fundo do mar, seres marinhos e os diversos “navios” produzidos por eles, contando suas histórias.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *