Práticas - Balanço - 5º ano

Horta

Unidade SEB Dínatos

Atividade: Uma flor vou plantar e seu crescimento acompanhar – página 58.

Projeto interdisciplinar desenvolvido pelas professoras de Língua Portuguesa – Adriana Aires – e de Ciências – Adaíse – com os alunos das turmas de 6º ano.

Pode-se integrar esta atividade aos estudos referentes ao tema ‘Nutrição’, no que compete aos alimentos de origem vegetal, sua produção, as estações de plantio e colheita e sua conservação, e a crônicas como ‘Memórias de menina’, de Raquel de Queiroz ou ainda textos jornalísticos que se refiram ao tema.

 

Objetivos:

– Integrar conhecimentos de diversas áreas;

– Criar uma horta na escola, em que os alunos vivenciassem o plantio e o desenvolvimento da planta;

– Construir uma nova mentalidade sobre alimentos saudáveis, consumo, conservação, problemas causados à saúde pelos inseticidas e agrotóxicos;

– Associar as plantas às estações em que são produzidas;

– Estudar gêneros textuais que tratem sobre o assunto.

 

As professoras solicitaram aos alunos que trouxessem à escola garrafas PET ou latas já sem uso, para que servissem de recipiente para o plantio.

Propuseram aos alunos uma pesquisa sobre flores, frutos e legumes, os cuidados necessários para seu desenvolvimento, a época apropriada para o plantio e os materiais dos quais precisariam para iniciar e concluir o processo.

A partir dessa pesquisa, eles escolheram o que plantar.

Antes de iniciarem o plantio, eles visitaram e conheceram o projeto ‘Horta da APAE’ em saída de campo, aprendendo mais sobre o processo de germinação, preparo de alimentos e alimentação saudável.

Foi hora, então, de colocarem ‘a mão na terra’, aplicando tudo o que aprenderam na teoria e na visita que fizeram.

Primeiramente, pintaram e decoraram as garrafas PET e as latas que trouxeram. Em seguida, plantaram as sementes (que podem ser adquiridas em supermercados, lojas especializadas ou ainda em hortos municipais), ficando responsáveis por regar e acompanhar seu crescimento.

Os alunos se mostraram muito interessados e plenos durante toda a atividade, o que demonstrou a necessidade da vivência e da prática na aquisição de conhecimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *