Práticas - Notícia - 8º ano

“Histórias que a família conta”

Unidade Ribeirânia – Ribeirão Preto

Disciplina: História

Professora: Luciene

 

Objetivos:

– Levantar e/ou conhecer os principais fatos históricos/familiares em cada década, a partir de 1950;

– Compreender a ordenação, simultaneidade e sucessão dos fatos históricos e as relações entre eles;

– Caracterizar as épocas para formar os conceitos de tempo físico, histórico e social;

– Promover a leitura da realidade em suas dimensões espacial e temporal.

 

A proposta da professora era que os alunos pesquisassem os principais fatos pessoais dos ancestrais, sendo que estes fatos poderiam ser relatados das seguintes formas:

– Depoimento;

– Entrevista;

– Documentário;

– Fotomontagem.

 

Os alunos fizeram, então, a coleta de informações se havia alguém na família que morava em outro país e veio como imigrante. Se sim, de onde e qual o motivo que o trouxe, se sua chegada foi condizente com as expectativas, além de data e fatos históricos concomitantes e se houve mudança de cidade por parte dos familiares.

Perguntaram também qual a ocupação do avô nas décadas passadas (abertura de negócios, profissão).

Com as informações em mãos, os alunos puderam pensar na construção de sua própria Árvore Genealógica, resgatando os laços da família e de sua história.

Determinadas personagens da “Árvore”, começou-se a pensar em questionamentos relacionados a fatos importantes na história, relacionados à família de cada um:

– Como era a moradia dos pais na época de sua juventude;

– Movimento Hippie – se houve alguém na família que participou;

– Como era a relação da avó com as filhas e filhos, pensando na posição da mulher;

– Quem foi a primeira mulher a trabalhar na família, se fez faculdade.

Em uma aula posterior, os alunos montaram sua árvore genealógica em cartolina e construíram sua própria linha do tempo, abordando os principais acontecimentos externos e de sua própria vida.

Nesse momento, alunos fizeram sua linha do tempo, elencando fatos históricos, sociais e esportivos pelos quais já passaram, tais como presidentes que se elegeram, copas do mundo, movimentos sociais, além de fatos pessoais que marcaram sua vida ao longo dos seus 13 anos, tais como pais que se separaram, chegada de irmão, casamento de primos, entre outros.

 

Como proposta complementar, a professora sugeriu:

– Entrevista gravada com avós sobre fatos que marcaram sua vida, dando aos alunos um caminho de conhecimento, informação e comparação, de uma maneira diferente e próxima;

– Gravação em forma de vídeo dos principais acontecimentos ao longo da vida dos familiares, que foram relevantes para a constituição familiar;

– Montagem de um quadro com as fotos significativas da família, presenteando a mãe ou avó, com legendas e datas.

Os alunos envolveram-se muito na construção das Árvores Genealógicas e nas pesquisas sobre seus antepassados, indo além do que fora solicitado pela professora, o que enriqueceu ainda mais o trabalho, sem deixar de alcançar o objetivo de estudar os fatos importantes da história.

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *