Propostas - Espelho - 3º ano

O Grande Enigma

lupa pegadas

A partir do trabalho com adivinhas, charadas e enigmas, oferecemos possibilidades de desenvolver nos alunos o raciocino lógico e habilidades de leitura, escrita e interpretação, por meio de jogos e brincadeiras de adivinhação.

Seguindo a proposta do caderno orientador, crie um ambiente de mistério na sala de aula. Você pode, por exemplo, usar pouca luz, colocar uma música de fundo, manusear objetos que se associem a uma investigação (lupa, binóculo, lanterna), enfim, faça o que julgar interessante.

Comece a atividade em roda, proporcionando espaço para diálogo, troca de experiências, opiniões e sentimentos entre todo o grupo. Faça questionamentos como: “Alguém sabe o que é um enigma, uma advinha ou uma charada? Alguém conhece alguma para compartilhar com a turma? ”  entre outros.

Organize uma caixa com várias charadas, adivinhas dentro dela e coloque-a no centro da roda.

Tire uma a uma as “charadas” para que os alunos possam tentar adivinhar. Faça dessa atividade um momento divertido e lúdico.

O Livro “O que é o que é”? de Denise Caccese Perrotti, reúne algumas adivinhas que fazem parte do repertório brasileiro de cultura popular. A autora brinca com imagens, joga, dá pistas, estimula a procura e a criatividade, pode ser uma boa sugestão para se iniciar o trabalho.

 

dreamstimeadditional_29046213
(C)thalithait@dreamstime.com

 

A partir desta atividade introdutória, várias possibilidades poderão ser feitas. Seguem alguns exemplos:

  1. Adivinhe o objeto – Primeiramente, peça para que cada aluno escreva características de objetos escolhidos por eles, mencionando o nome do mesmo apenas ao final da folha.

Ao terminarem, peça para que dobrem a parte em que está escrito o nome do objeto e recolha. Entregue novamente as folhas aos alunos aleatoriamente, sem deixar que a mesma criança que escreveu pegue seu papel.

Inicia-se, assim, o trabalho de leitura e adivinhação. Cada um lê alto para o grupo as características do objeto e tenta descobrir; caso não consiga, pede ajuda ao grupo. Os alunos, nesta etapa, desenvolverão a criatividade, a capacidade de levantar hipóteses e de explorar semelhanças e diferenças.

 

  1. Mensagens Secretas – Proponha aos alunos a elaboração de uma charada e explique que uma boa charada se faz começando de trás para frente! Para tanto, disponibilize uma folha de papel em branco para cada aluno e peça para pensarem em qualquer coisa que achem interessante e escreverem o nome desse objeto no papel.

Agora que os alunos já sabem a resposta da charada, eles devem pensar na pergunta mais interessante que se possa fazer sobre esta coisa que escolheram. Solicite que escrevam no papel algumas características (qualidades) desta coisa.

Por exemplo: O aluno escreveu na folha de papel a palavra ORELHA (que é a resposta da charada dele). Depois escreveu: A orelha escuta, mas não fala. O livro tem orelha. Tem orelha de todos os tamanhos. Logo após, o aluno deverá montar a charada: O que é, o que é, que escuta, mas não fala, tem no livro e na gente? Resposta:  “A orelha”.

Depois que todas as charadas estiverem concluídas, organize um momento para os alunos socializarem as adivinhas. Cada um poderá ler a sua para a turma. Professor, lembramos que, durante todo o processo de criação e escrita, você, enquanto facilitador da aprendizagem, deverá orientar e auxiliar sempre que for necessário.

 

  1. Número Oculto – Pense em um número de zero a cem e instigue a classe a tentar adivinhá-lo. Para isso, só poderão perguntar se ele é maior ou menor que o numeral que propuserem. Por exemplo, se o algarismo escolhido for dez, as crianças questionam: “é maior que 50?”. Você responde: “Não, é menor”. Elas tentam novamente: “E maior que 30?”, “Não, é menor”, e assim seguem até encontrarem o número oculto. Quem descobrir, pensa no número seguinte. Assim, os alunos desenvolvem o raciocínio lógico e os conceitos de maior e menor.

Depois que as crianças estiverem familiarizadas com esta prática, podem ser desenvolvidos conteúdos de diversas disciplinas, que aprenderão de forma lúdica, utilizando vários tipos de raciocínio.

 

menina lupa

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *